Friday, December 31, 2010

c.v.

luisa brehm

dramaturgista, etnóloga e activista,
nasce em Lisboa em Dez. de 1952.


Actividade Profissional e outras

1974/75 - Estágio e assistente de dramaturgia na COMUNA - Teatro de Pesquisa, tendo participado nas seguintes Campanhas de Dinamização Cultural do MFA:
» “Operação Nortada” - Trás-os-Montes e Alto Douro, Jan. 1975.
» “Operação Verdade” - Minho, Fev. 1975.
» Cabo Verde, Março 1975.
Peça – “Era uma Vez”, do escritor argentino Alfredo Nery y Paiva;
criação colectiva sob a orientação do encenador João Mota.

1975/77 - Vive em Paris.

1977/78 - Responsável pela orientação pedagógica e pelo sector de animação teatral do Grupo de Teatro de Fantoches Os Saltitões.
Peça - “Pilhagalinhas” de Alberto Lopes, representada em diversas escolas preparatórias.

- Animadora Teatral na Esc. Preparatória Francisco Arruda, Lisboa.

1978/79 - Coordenação e Texto da série de 6 filmes Crianças em Luta (sobre as crianças marginalizadas em Portugal) do cineasta João Brehm, produzidos pela Virver - Cooperativa de Cinema, da qual é cooperante.
Filmes passados na RTP 2 - Rádio Televisão Portuguesa e em diversos festivais internacionais.

- Realiza uma pesquisa sobre “A situação da Criança Inadaptada em Portugal, após o 25 de Abril 1974”.

1980/82 - Bolseira do Governo Mexicano, no Centro Universitário de Teatro da Universidade Nacional Autonoma de México - UNAM, Cd. de México.

- Realiza uma Investigação no campo da Etnologia Teatral, sobre os Índios Mexicanos:
suas festas, rituais, crenças, danças, máscaras etc., sob a orientação do encenador Luis de Tavira e do antropólogo José de Santiago (ambos de nacionalidade mexicana).

Viaja por toda a Rep. Mexicana.
Recolha de material fotográfico e de gravações.

- Colabora no jornal “Diário de Lisboa".

1983 - Regressa a Portugal.
- Prepara um Ensaio sobre esta investigação.

1983/84 - Vive em Peniche.
- Inicia um levantamento fotográfico de Portas, Janelas e Azulejos portugueses.

1986 - Expõe na “Objectiva 86” – exposição Internacional de Arte Fotográfica – “Festa do Avante”.

1987- Argumentista e assistente de realização da média-metragem de ficção O Mistério do Armário do cineasta João Brehm, para a RTP-Rádio Televisão Portuguesa.

1987/88 - Efeitos especiais, cenografia e caracterização da longa-metragem Transparências em Prata do cineasta João Brehm, filme subsidiado pelo I.P.C. - Inst. Português de Cinema.
Filme estreado em 1993, no 22º Festival Internacional de Cinema da Figueira da Foz.

1993/94 - Dramaturgia e adaptação da peça didáctica “Contigo, para Sempre”, da escritora inglesa Mary Cooper, peça de prevenção e educação sobre a SIDA, numa encenação de Júlia Correia.
Estreia em 1994 no Auditório Nacional Carlos Alberto, Porto e representada em várias escolas.

- Realiza uma pesquisa sobre “A SIDA e a Realidade Portuguesa”.

1998 - Inicia um levantamento etnográfico sobre a Serra do Gerês.

1999 - Realiza um levantamento fotográfico das Portas e Janelas de Recha, em Tavira.

2000/08 - Realiza um projecto foto/poético sobre texturas.
- Retoma a actividade em desenho, incluindo ilustrações para obras suas, não publicadas.


2007/14 - Prepara as séries fotográficas "com as minhas mãos
e "assim fiz eu a flora".
- Realiza vários cartazes contra a Pena de Morte.
 
Pelos Direitos Humanos

1988/95 - Co - fundadora da Comissão Pró-Amnistia Caso FUP/FP 25
(Presos Políticos Portugueses).

1991 - torna-se membro da AI - Amnistia Internacional, S.P.

1994/01 - Fundadora da Comissão Pró-Amnistia.
Dá apoio voluntário a detidos de delito social nos estabelecimentos prisionais portugueses, com especial incidência no Hospital-Prisional S. João de Deus, em Caxias.

2001/14 - Activista contra a Pena de Morte, com incidência nos E.U.A., e pela defesa dos presos Índios Americanos.
- moderadora de Thundering Drums, grupo de apoio a presos Índios Americanos. 

 
2007 - Convidada pela Amnistia Internacional Madrid a participar nas “Cidades pela Vida, Cidades contra a Pena de Morte”, com 7 trabalhos fotográficos – Madrid. 
 
2008 - Convidada de novo pela Amnistia Internacional Madrid a participar com o seu trabalho nas “Cidades pela Vida, Cidades contra a Pena de Morte” - Madrid.
Madridpress.com - Amnistía Internacional convoca una concentración contra la pena de muerte

Madridiario - Luz contra la pena de muerte

2009/14 - Alarga o seu activismo contra a Pena de Morte no Irão.
 
Formação Universitária

1980/82 - Bolseira do Governo Mexicano no Centro Universitário de Teatro da Universidade Nacional Autonoma de México – UNAM, Cd. de México (no 1º Convénio Cultural entre Portugal/México), onde realiza estudos de Pós-Grado-Investigação em Etnologia Teatral.

1976/77 - Frequência do Curso Superior de “Sciences de l’Éducation”, na Universidade de Vincennes, Paris VIII.

1972/75 - Curso Superior de “Dramaturgia, Investigação e Critica”, na Escola Superior de Teatro do Conservatório Nacional de Lisboa.

Outros Cursos de Formação

1964/68 - Curso na Alliance Française de Lisboa.

1968/71 - Cursos de Fotografia e de Cerâmica no IADE – Instituto de Arte e Decoração, Lisboa.


Obras Publicadas

- Da Melancolia - prosa poética; Ed. Caminho da Poesia, 1988.
- Portas - colecção de postais; Ed. Rolim, 1988.



Ultra short résumé »

dramaturgist, ethnologist and human rights activist
born in Dec. 1952, Lisbon, Portugal

Activity:
Theatre - works in several theatre groups as dramaturgist and researcher.
Cinema - several works in films as art director and screenwriter.
Other - writer, works in illustration, digiart and photography.

Education:
1980/82 - postgraduate studies in Theatrical Ethnology - UNAM ( Centro Universitario de Teatro, Universidad Nacional Autónoma de México ), Cd. de México, with a Mexican Government scholarship.
travels by all Mexico making a research about Mexican Indians rituals.


1975/77 - i live in Paris.
“Sciences de l’Éducation” - Université de Vincennes, Paris VIII.

1972/75 - graduate in "Dramaturgy, Research and Critique" - Escola Superior de Teatro do Conservatório Nacional de Lisboa.

- photography and other art schools

Human Rights:
i gave support to Political and Social prisoners in Portugal.
In the last 13 years, more than anything else, activist against USA Death Penalty and for American Indians prisoners' rights.